Colaboradores

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Sentada

A luz da minha companhia

Os fios encobrem meu rosto

Tocam minha pele



A chama da vela consome

O medo

A ausência


Questiono os toques

Dos dedos

Das mãos

Que tapam minha rude sentença


Mais um gole de mim

Que machuca o nós


Fernanda Moreno

6 comentários:

Verânia Aguiar disse...

ultimos dois versos.. mt bons :)

HIRO OKADA disse...

tb acho ...

tungkaran hati.blogspot disse...

Blog marche….! Votre blog est super

Paty disse...

Blog muito interessante, Parabéns...
Vou passar a acompanhar...

Bela Semana...

Cristina disse...

certezasdeincertezas.blogspot.com

Anônimo disse...

ai linda,vc mantém vivo esse nosso blog, juro que voltarei em breve...:D

Flá :o)