Colaboradores

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Como é bom ter um ídolo




Engraçado...há dez anos conheci uma banda e ela deu tanto sentido para minha vida. Lembro-me que acordava e dormia pensando nela. Colecionei pastas com pôsteres, fotos, trocava-as, assim como figurinhas, comprei todos os CDs, gravei cada trecho de matéria que passava na MTV - ainda era “assistível”- e em outros canais. Era uma loucura. Lembro-me que quando ia à escola, na época estava na quinta e sexta série, e abria um pôster, não tinha uma menina que não saia correndo para ver, ouvia-se gritos a metros de distância... eles foram um fenômeno, não há quem possa negar.
Essa banda veio ao Brasil em 2000, mas oficialmente e com mais tempo em 2001, oportunidade quase única. Por força do destino eu não fui ao show, estava em outro Estado, milhas de distância. Minhas irmãs e eu participamos de todas as promoções que levavam ao show, escrevemos milhares de cartas, mas nada....choramos muito. Mas ainda acreditávamos que um dia nosso sonho tornaria realidade, iríamos ao show.
Hoje, dia 25/02/2009, após 8 anos da vinda deles, estamos a exatos 8 dias para realizarmos um sonho de quase 11 anos de espera, parece inacreditável, mas aconteceu. Já estamos com ingressos comprados...e sonhando. Voltamos aos nossos 10 e 13 anos (idade que tínhamos); voltamos a gritar ao ouvir uma música, ao ver fotos, mas agora é diferente, porque entendemos e absorvemos melhor nossos sentimentos. Agora vejo que Deus escolheu o momento certo.

Hoje estamos adultas, não compramos mais pôsteres- acho que nem vende mais-, não compramos ainda o último cd, pois queremos ver se fica mais barato...tudo aquilo que fazia todo sentido do mundo, diminuiu, pois crescemos, temos outros objetivos e paixões em mente. Porém, estava relembrando tudo que passei, estava vendo um vídeo antigo da música “Who do you Love?”, nossa, como chorei quando ouvi essa música pela primeira vez...foi lindo. Assistir ao vídeo era como se o próprio vídeo da minha adolescência estivesse passando.
Passava minhas irmãs e eu cantando as músicas, esperando na fila para comprar o cd que estava sendo lançado no dia, voltando a fita (ainda era fita VHS) com o clipe gravado para poder aprender a coreografia, eu gastando R$10,00 em pôster (acreditem era muito), recordei, também, que graças a banda, eu e minha irmã criávamos historinhas , que nos afastava de um momento muito difícil de nossas vidas, fazendo com que nós ficassemos sempre unidas e sem cair em uma tristeza profunda... e o melhor, lembrei de todas as pessoas maravilhosas que conheci por causa DESSA BANDA, pessoas que até hoje tenho uma grande amizade.

É muito bom ter um ídolo, pois ele ajuda você a moldar sua vida, faz você curtir um momento único: a adolescência. Eu tive ótimos ídolos, que me ajudaram a ser quem sou hoje.
Recomendo bons ídolos, músicos, atores, bailarinos, apresentadores de TV, não importa, o que realmente importa é se esse ídolo te traz coisas boas e positivas, fazendo você um ser humano melhor, e foi isso que tive.

Foi lindo... hoje sei como foi bom ter um ídolo, e na verdade ainda tenho.

Keep BSB Pride Alive!!!!!




Flávia Pereira

4 comentários:

ccaatttt disse...

Mas quem são, afinal??? Haha
Adoreeeei!
Nos ultimos tempos também tenho re-vivido aqueles momentos, todas as historias, as musicas, as brigas....rs
Ver um sonho de infância realizado.....nem sei dizer o que sinto!
Semana que vem te conto!
Beeeijo

Nesga disse...

Como é bom viver cada momento da vida.
Fer :O)

HIRO OKADA disse...

meu deus!
o vocalista ta vivo ainda:

HIRO OKADA disse...

deixaram as moscas?!