Colaboradores

terça-feira, 16 de novembro de 2010


Volta para Luz, solta, leve...
leve, leve para longe daqui toda essa espera que falta, essa falta que rejeita, essa busca sem demora, demora que acaba, fim que finda,
escassa alma
que sobra falta
que fica é nada..
Nada peixe.

Flávia Pereira

5 comentários:

Fernanda Moreno disse...

que lindo...

Andreia Sieczko disse...

Adorei seu blog... parabéns!

Cassandra disse...

desculpa a invasão
Adorei o post
:)

Anônimo disse...

caramba, maravilhoso!!

Marcelo Velozo disse...

Oi,


Que o nada seja dentro do tudo a essência do vazio, já que o nada é tudo e o tudo contem o nada.

Um amplexo!