Colaboradores

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Eu não quero segurar


segura peão
a vida
a vida de um animal
que não tem mais vida

segura peão
um coração
um pulsar
único
que tenta retomar o pulso

segura peão
um ser inocente
que se debate contra si mesmo
na tentativa de se livrar de você

de se livrar de você
um monstro em cima dele
que o prende
que o mata sem enfiar a faca

que o mata
porque tira-lhe a liberdade
porque o machuca
numa brincadeira

segura peão
a brincadeira
de sacudir uma vida
que não tem mais vida
nas suas mãos

segura peão
a minha revolta
a minha dor
o meu grito

não, não segura, não!

2 comentários:

Cliceli A.Kovalski disse...

pega touro e passa o chifre nesses carniceiros infelizes e cruéis. visite-me http://www.personalidadeinfiel.blogspot.com.br/

MYTC SIM disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.