Colaboradores

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Me compõe aqui

Carrego minhas lágrimas como quem carrega o ar
na sensibilidade da pele
na alegria que não cabe na boca
na tristeza que não cabe no peito
estados que ultrapassam o ouvir e o ver
Estar
Hidrata minha alma
o ser quem sou
Me afirma em mim mesma
Traz à luz do dia o que tenho

Carrego minhas lágrimas como quem carrega a água
na necessidade da sede
na angustia de sentir
na emoção de viver
Instantes consolidaddos
dentro
Compõe o que amo
às vezes limpa
às vezes borra
Mas sempre a escorrer...

Carrego minhas lágrimas como quem carrega uma riqueza
na certeza que será sempre companheira
na busca de integridade
no desejo de vida e não mais de mortes
Regar vontades
tentativa
Atira de dentro o que sufoca
a cada instante
que me percebo viva

Eu carrego com a força que restar, mas carrego

Fernanda Moreno
2010
postando novamente um de meus textos que mais gosto
que mais dizem de mim

3 comentários:

Thiago Domingues disse...

Nesses "troceços" mundo virtual a fora, cai por aqui!..E certamente voltarei!
Parabéns pela forma com que dá aos sentimentos através das palavras!
\o/

Anônimo disse...

você é foda minha Pessoa...

Flá.

Fernanda Moreno disse...

Ah! quando eu tinha a coragem de me chamar Fernanda Pessoa...

Obrigada minha linda! me sinto encorajada a escrever mais! =)