Colaboradores

quinta-feira, 31 de maio de 2007












Menina-anjo

Continua sentada,

Escuro,

cabeça encostada nos joelhos

Lágrimas dispersas

Vida inconstante é o que pensa

Tão sufocada

Tão sem chão

Rumos

Corre em paralelo e se perde;

Ela só queria ter alguma certeza

.... mas não é bom ter certezas

Ela só queria ser levada pelo vento...

A brisa que passa pelos seus cabelos

água entre os dedos

Leve...

Ela quer estar leve

Que a vida a leve para o melhor caminho, que é não aquele, mas o que já se está.

Leve peleje

Seja LEVE!

Dedicado a um Anjo L.R

Flávia P




2 comentários:

Lilyllith disse...

como não me emocionar depois de td o q já foi dito aki nessa casa??
como não me emocionar depois de tantas confições e declarações??

como não me emocionar diante de tanta cumplicidade??

irmandade??!! sim... somos irmãs de alma!! certeza disso!

obrigada por existir em minha vida..
obrigada por me entender..
obrigada por me aguentar..

já falei que te amo hj??
e amanhã??!! hhehehehehehe

bjs gdes!!

FER disse...

Flá, disse tudo...o nosso Anjo merece!!